Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 19/05/2024 | 18:41

Herval d' Oeste

Reajuste de 5% para servidores será repassado em três vezes

Publicado em 22/12/2015 ás15:00

Sessão do dia 21/12/2015

Foto: Sessão do dia 21/12/2015

A Câmara de Vereadores de Herval d´Oeste aprovou na noite desta segunda-feira (21), o Projeto de Lei Complementar 046/2015 - que autoriza o Poder Executivo a conceder a revisão geral anual para os servidores públicos, prefeito, vice-prefeito, secretários e demais agentes políticos.

O reajuste, acertado com o sindicado e aprovado em assembleia pela categoria, será repassado em três parcelas: 1% em janeiro, 2% maio e 2% outubro.

Mesmo o índice não cobrindo a inflação do período, os vereadores da situação comemoraram. “Os servidores viram a proposta do prefeito, de apenas 1%, como uma ironia. Por não achar correto fomos brigar por mais. Por outro lado, sabemos que 10% quebraria o município”, justificou o presidente da Câmara, Everton Parisenti, ao comentar que os vereadores conseguiram sensibilizar a administração para conceder 5% “Não ficou a contento, mas melhor que a proposta inicial. Para se ter uma ideia, esses 5% vão representar R$ 1,3 milhão a mais de gastos aos cofres públicos no ano que vem”, apontou Parisenti. 

No entanto, os vereadores de oposição lamentaram o percentual, e principalmente o parcelamento. “Em 2011, através de um projeto eleitoreiro, o prefeito, juntamente com o secretário de finanças, mandou para esta casa projeto de reforma concedendo de 10 a 40% de reajuste. Hoje estamos sofrendo as consequências disso”, lamentou Sérgio Moacir do Nascimento (Serginho).

De acordo com ele, o prefeito mantém salários altos com a distribuição de secretarias para vereadores que não fizeram a diferença nas funções, já que o município não possui recursos. “Se retirasse essas secretarias e investisse nos profissionais efetivos, com certeza sobraria recurso e não estaríamos aqui discutindo 1%”, concluiu Serginho ao afirmar que não acredita que o prefeito repasse os outros 4%.

Servidores acumulam perdas salariais

O sindicato está pedindo na justiça a correção de 4%, referente à reposição salarial de 2013. No início de 2014 o prefeito Nelson Guindani concedeu 2% de reajuste, com o compromisso de repassar mais 4% quando o índice de despesas com a folha de pagamento estivesse de acordo com o limite previsto na Lei Responsabilidade Fiscal. No entanto, o acordo não foi cumprido, e os percentuais não repassados.

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X