Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 16/07/2024 | 00:49

Herval d' Oeste

Hospitais da Macrorregião do Meio-Oeste receberão investimentos de R$ 30 milhões

Publicado em 24/05/2013 ás19:30

Repr esentantes do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES) estiveram em Herval d’ Oeste, nesta quinta-feira (23), para conhecer e aprovar o desenho da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião Meio-Oeste, que abrange 55 municípios das Secretarias de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, Campos Novos, Caçador, Curitibanos, Concórdia, Videira e Seara. O projeto tem uma população referenciada de 601 mil habitantes. O grupo condutor apresentou ao coordenador da Atenção Hospitalar do MS, Anderson Fagundes, e a superintendente de Serviços Especializados e Regulação da SES, Lisiane Tuon Bittencourt, o plano de ação para a implantação da Rede. “O projeto abordou a capacidade instalada existente da macrorregião e o que é necessário ampliar, bem como a habilitação de novos serviços. Todos, como porta de entrada aos usuários”, explica a coordenadora do grupo condutor e gerente de Saúde da Regional de Joaçaba, Ivanice Peccin. O plano foi aprovado pelo Ministério da Saúde e pelas Comissões Intergestores Regionais (CIR) da macrorregião. O próximo passo é aprovar o projeto na Comissão Intergestores Bipartite (CIB). De acordo com Fagundes, a previsão é de que em até 60 dias os hospitais habilitados como porta de entrada da urgência e emergência comecem a receber recursos do MS para serem investidos na melhoria do atendimento de urgência e emergência. Serão contemplados os hospitais: São Francisco, de Concórdia; Universitário Santa Terezinha, de Joaçaba; Maicé, de Caçador; e Helio Anjos Ortiz, de Curitibanos. No total, a macrorregião terá um investimento aproximado de R$ 30 milhões. A aprovação da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião Meio-Oeste viabilizará outros serviços, como a habilitação de leitos de retaguarda e Unidades de Cuidados Prolongados (UCP). “A implantação da Rede tem como maior avanço a regulação dos leitos hospitalares, por meio da central de regulação de leitos que será implantada e garantirá o acesso e a integralidade dos serviços”, destaca Ivanice. Segundo ela, os hospitais contemplados na Rede também poderão enviar projeto ao Ministério da Saúde, no valor de até R$ 3 milhões, para melhorias da adequação e equipamentos da urgência e emergência. O evento, no auditório da Secretaria de Saúde de Herval d’ Oeste, também teve a presença da coordenadora estadual da Rede de Atenção às Urgências, Dr. Ana Burigo, da coordenadora do Complexo Regulador Estadual, Dr. Carla Tirello, além de coordenadores das CIR, secretários municipais e gerentes de Saúde e prestadores do Sistema Único de Saúde (SUS). Saiba mais As Redes de Atenção de cada macrorregião têm o objetivo de potencializar a organização do setor de urgência, qualificando o atendimento aos usuários do SUS. Em Santa Catarina, as Redes da Região Metropolitana de Florianópolis, do Planalto Norte e Nordeste já receberam recursos do Ministério da Saúde. De acordo com a superintendente de Serviços Especializados e Regulação da SES, Lisiane Tuon Bittencourt, nesta semana também foram apresentados os planos de ação para implantar a Rede de Urgência e Emergência nas macrorregiões do Extremo-Oeste, Serra Catarinense, Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí e Sul.
Fonte: Mayelle Hall/SDR

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X