Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 22/01/2022 | 23:35

Região

Oito casos de abandono de animais já foram registrados em 2019

Publicado em 29 de Janeiro de 2019 às14h00

Divulgação

Foto: Divulgação

Apesar de todo o esforço do Grupo de Protetoras e da Administração Municipal em promover programas de controle populacional de cães e gatos, a situação de abandono tem sido um problema constante em Tangará. Somente nas quatro primeiras semanas de 2019, foram mais de oito relatos de abandonos na cidade e nas saídas para o interior.

Além de toda a problemática que envolve o abandono, muitos proprietários tem o hábito de deixar os animais soltos pelas ruas. O Grupo alerta que o abandono configura crime e, além disso, deixar o animal à própria sorte nas ruas, sem cuidados, sem abrigo, sem água e comida também pode ser considerado um crime e pode gerar outros problemas como acidentes de trânsito.

“Castrar parece ser a saída, entretanto o trabalho realizado pela Prefeitura e pelo Grupo é insignificante perto daquilo que poderia ser realizado caso os tutores tivessem clara a importância de castrar seus cães e gatos. Os tutores de animais têm compromisso, devendo inclusive se responsabilizar por possíveis gastos com consultas e tratamentos veterinários”, destaca o Grupo de Protetoras, ao acrescentar que enquanto a população não se sentir como parte do problema, não haverá solução.

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X