Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 13/06/2024 | 01:40

Herval d' Oeste

Projeto de destinação adequada de resíduos urbanos foi apresentado na Câmara de Herval

Publicado em 16/07/2013 ás11:26

Sessão 15/07/2013

Foto: Sessão 15/07/2013

Com a Casa cheia, um dos principais temas da sessão desta segunda-feira (15), do Legislativo hervalense foi a apresentação pelo presidente do Instituto de Educação Dual de Joinville engenheiro Marcos Stolf sobre o projeto da destinação 100% correta de resíduos urbanos. Stolf ocupou o momento destinado a presidência da Casa. O engenheiro atendeu ao convite do vereador Davi Frozza (PSD), respondendo também a questionamentos dos vereadores.

Conforme Stolf, empresários da indústria mecânica criaram uma ONG em Joinville para dar destinação ambientalmente adequada para o lixo de eletroeletrônicos, onde o Instituto Dual começou a fazer pesquisas e experimentos para dar destinação correta também ao lixo urbano. "Trabalhamos com a média de 700 gramas de lixo produzido por habitante, e acreditamos que por meio da separação é possível dar a destinação correta. O processo de separação tem um custo de R$ 120,00 já para a revenda ele equivale a R$ 200,00."

O engenheiro também apresentou dados da região Sul onde 54% do lixo são orgânico, 30% recicláveis e 16% de rejeitos que não servem para nada. "No mínimo 90% deste rejeito é composto por plásticos, em Joinville há mais de dois anos, trituramos este rejeito e o transformamos em palanques de cerca, meio fio e calçamento, é uma tecnologia inédita no Brasil”. Stolf ainda apresentou outras ideias que atendem as necessidades do Meio-Oeste coma Biodigestão para lixo orgânico com tratamento aeróbico e anaeróbico, onde em seis dias este material é transformado em adubo. E a criação de uma usina para tratamento do material orgânico, por meio de Consórcio entre os municípios da região barateando os custos.

O vereador Frozza agradeceu a presença do engenheiro, citando a importância da destinação adequada do lixo, destacando que até agosto de 2014 por força de Lei Federal vai ser obrigatória a coleta seletiva nos municípios e os aterros sanitários terão que ser feitos de forma diferente do que acontece hoje. O vereador citou que a questão ambiental é muito discutida, mas na prática fica em segundo plano, frisando entretanto que há um desejo forte de se mudar isso e afirmou que o prefeito Nelson Guindani tem interesse em que este projeto seja apresentado aos prefeitos da Ammoc.

O presidente do Legislativo Gilmar Dri agradeceu a explanação do projeto feita por Stolf, destacando a preocupação com os problemas causados pelo lixo, principalmente no perímetro urbano, ainda lembrou que em 2009 como secretário de Agricultura, desenvolveu a coleta de lixo reciclável em comunidades do interior de Herval d'Oeste.

Pauta do Dia

Durante a sessão também foi aprovado por unanimidade:

Projeto de Lei nº016/2013 que abre crédito suplementar no valor de R$195 mil, elaborado para que o Executivo, na Secretaria de Educação possa concluir obra que não foi possível de executar com as dotações fixadas na ocasião do Orçamento Anual. Os recursos para crédito terão origem dentro da despesa fixada e já autorizada para 2013, não aumentando o total da despesa.                                

Também a indicação do vereador Jean Patrick Giusti (PSDB) para limpeza de bueiros obstruídos na Rua Nossa Senhora Aparecida, localizada no bairro Estação Luzerna. Com as constantes chuvas e volume de água  elevado as ruas são alagadas. Os bueiros ficam obstruídos com terra e entulhos diversos, impedindo assim, escoamento natural da água pluvial, vindo a invadir as residências e causando transtornos e prejuízos aos moradores.

Aprovada por unanimidade a Moção de Apoio nº002/2013 dos vereadores Patrick Giusti (PSDB) e Juarez de Souza (PMDB) dirigida à mobilização da categoria dos Policiais Civis do Estado. A Moção que será enviada ao Governador do Estado e ao Secretário de Segurança Pública pondera que os policiais estão há mais de uma década sem qualquer reposição em seus vencimentos, sendo um dos piores salários do Brasil. Por isso, a Polícia Civil catarinense sofre com uma enorme evasão nos seus quadros, seu efetivo é praticamente o mesmo de 30 anos atrás. É manifestado então o apoio da Câmara de Vereadores às mobilizações realizadas pela categoria em busca da melhoria dos seus vencimentos e aumento do efetivo em Santa Catarina. Policiais Civis participaram da sessão. O vereador Juarez de Souza não participou da sessão por problemas de saúde.

Fonte: Joce Pereira

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X