Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 20/06/2021 | 15:46

Coronavírus

Vereador solicita pagamento de insalubridade para profissionais que atuam na Covid-19

Publicado em 26 de Março de 2021 às16h00

Vereador Patrick Giusti (PL)

Foto: Vereador Patrick Giusti (PL)

O vereador Patrick Giusti (PL) solicita que Executivo municipal conceda 40% de adicional de insalubridade a todo trabalhador da saúde que atua no atendimento de pacientes infectados pela Covid-19. A conceção do pagamento foi proposta através de um requerimento aprovado na sessão da Câmara de Vereadores na última segunda-feira (22).

De acordo com Patrick, a Constituição Federal, em seu artigo 7º, inciso XXIII, prevê o pagamento de adicional de insalubridade para os trabalhadores que exerçam atividades penosas, insalubres ou perigosas. A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), no Capítulo V – Da Segurança e da Medicina do Trabalho, dedica a Seção XIII – às Atividades Insalubres e Perigosas dos trabalhadores celetistas, cujo artigo 192, assegura-lhes a percepção de adicional de insalubridade respectivamente de 40%, 20% e 10% do salário mínimo, segundo se classifiquem nos graus máximo, médio e mínimo. Os agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde do trabalhador bem como os respectivos limites de tolerância são descritos pela Norma Regulamentadores nº 15, da Portaria 3.214/1978 do Ministério do Trabalho.

“Os trabalhadores de saúde estão expostos aos riscos de contraírem as doenças que dispõem a combater. Foi assim com a AIDS, tuberculose, hepatites virais, leptospirose, malária, febre amarela, dengue entre outros; e agora estão expostos a contraírem o coronavírus. A legislação garante a esses trabalhadores, dentre outros direitos, o de terem os riscos inerentes ao trabalho reduzidos, aposentadoria, e o adicional de insalubridade. A contaminação dos trabalhadores da saúde pelo coronavírus já vem ocorrendo desde do início da pandemia”, defendeu.

O vereador destaca que o adicional de insalubridade não cobre o dano a que o trabalhador venha suportar em caso de contaminação ou infecção, mas compensa e ameniza a possibilidade do dano, ou o risco a que o trabalhador se expõe.

Fonte: Joce Pereira/Assessoria de Imprensa

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
São João 01

Av. XV de Novembro, 319 - Cento, Joaçaba

Fone: (49) 3521-2525

São João 01
X