Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 26/09/2021 | 19:11

Herval d' Oeste

Gilmar Dri prefeito por 10 dias

Publicado em 09 de Novembro de 2013 às08h00

Em solenidade no gabinete, o prefeito de Herval d´Oeste Nelson Guindani transmitiu o cargo ao presidente da Câmara de Vereadores Gilmar Dri na tarde desta sexta-feira (08). Durante 10 dias o vereador ficará a frente do Poder Executivo, pois o vice-prefeito Ricardo Nodari encontra-se em viagem aos Estados Unidos.

Antes do ato, Guindani falou brevemente do delicado momento que o município enfrenta e pelas criticas que tem recebido na imprensa. “Ninguém fala das coisas boas. Falam dos buracos nas ruas, mas não dos benefícios que o saneamento sanitário vai trazer” reclamou. “As coisas são feitas com clareza, com parecer jurídico. Quem achar que está errado que leve para a justiça” disparou sem entrar em detalhes. Ao passar o cargo de prefeito, Guindani disse que gostaria de entregar o município ao presidente da Câmara em melhores condições. “Um dos maiores problemas que enfrentando é com a nossa receita que tem perdido R$ 400 mil/mês de impostos da BRF Brasil que passou a recolher nos municípios portuários devido a Lei Kandir” justificou afirmando que na sua viagem a Brasília onde protocolou diversos projetos, ouviu o comprometimento de senadores e deputados que prometem reverter a situação.

O prefeito em exercício Gilmar Dri preferiu não fazer promessas, apesar de dizer em seu discurso que terá liberdade. “Na verdade teremos apenas quatro dias úteis para implementar algumas ações na área central e interior” disse antecipando que vai assinar um decreto na segunda-feira para que as plantadeiras sejam liberadas durante todo o período para auxiliar os produtores.  Dri também destacou que vai determinar limpezas na área central, principalmente na Praça da Rede Ferroviária.

IPTU

Recentemente o vereador Euclides Filipine cobrou do presidente da Câmara um “canetaço” durante o período que estivesse à frente da Prefeitura para revogar o projeto que aumentou em 180% os valores do IPTU. No entanto, o prefeito em exercício deixou claro que não vai fazer isso. “O vereador tem que ter um pouco de cautela em suas colocações. Não é fazendo discurso na Câmara, pressionando ou tentando me jogar contra a comunidade que vamos resolver isso” respondeu. “Acredito que tem toda uma legalidade, não é simples assim para revogar, é preciso outro projeto” justificou dizendo que irá analisar algumas questões com o departamento jurídico, mas que cabe ao prefeito Guindani resolver. “Estamos esperando para os próximos dias um parecer da OAB e, talvez não como prefeito, mas como presidente da Câmara irei me manifestar” concluiu Dri que transmitiu o cargo de presidente da Câmara a seu vice Tomaz Conrado.

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X