Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 02/02/2023 | 08:39

Polícia

Laudo sobre a morte do homem encontrado em freezer é inconclusivo

Publicado em 01 de Dezembro de 2022 às09h30

Rádio Capinzal/Divulgação

Foto: Rádio Capinzal/Divulgação

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) sobre a causa da morte de Valdemir Hoeckler, de 52 anos, encontrado dentro do freezer em sua casa na Linha São Brás no interior de Lacerdópolis, foi inconclusivo, informou a Polícia Civil nesta quarta-feira (30).

Conforme o delegado Gilmar Bonamigo, a oitiva de testemunhas foi concluída na terça-feira (29). As sete pessoas ouvidas não apresentaram novos fatos ao caso. Além disso, os médicos legistas não atestaram a causa da morte de Valdemir, que foi assassinado pela esposa, Claudia Fernandes Tavares Hoeckler, de 40 anos.

Bonamigo confirmou que foi feita a coleta de material biológico e encaminhado para análise no Instituto Forense em Florianópolis. A intenção é saber se algum tipo de medicamento ou veneno tenha provocado o óbito.

O irmão mais velho disse que esteve na casa da vítima no dia 04 de novembro. Ao conversarem sobre o inventário dos bens do pai falecido, Valdemir teria mostrado parte dos R$ 250 mil, que tinha guardado em casa. Sua intenção era comprar a parte dos irmãos.

O delegado apontou que se trata de uma informação isolada, sem elementos que comprovem, mas é uma linha de investigação. Caso provado que a esposa matou o marido para ficar com o dinheiro, desclassifica o crime de homicídio para latrocínio.

Claudia chegou a registrar o desaparecimento do marido depois de retornar do encontro com as colegas professoras em Abdon Batista. Antes disso ela já tinha cometido o crime.

No primeiro momento policiais militares e vizinhos fizeram buscas na propriedade e na terça-feira, dia 15 de novembro, Bombeiros de Capinzal e Joaçaba passaram a auxiliar. Equipes de outras cidades também estiveram envolvidas na operação, inclusive com drone e binômio (bombeiro e cão). As buscas foram encerradas no final da tarde de quarta-feira (16).

O corpo de Valdemir foi encontrado dentro do freezer no sábado, dia 19. A esposa confessou que matou o marido no final da manhã de segunda-feira (14) e ocultou o cadáver no eletrodoméstico.

Claudia se entregou à polícia na segunda-feira, dia 21. Ela disse que sofreu ameaças, agressões físicas e psicológicas durante 22 anos. Afirmou que o marido tinha a proibido de participar do encontro com as colegas de trabalho e por conta das ameaças cometeu o crime.  

No mesmo dia em que ela se entregou, o juízo da Comarca de Capinzal decretou a prisão temporária. A juíza Flávia Carneiro de Paris também autorizou quebra do sigilo telefônico e o acesso aos dados da investigada.

Fonte: Rádio Capinzal

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X Alesc