Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 17/10/2021 | 00:05

Política

Vignatti lança pré-candidatura ao governo com apoio do PMDB

Publicado em 03 de Fevereiro de 2014 às16h44

Alô Notícias

Foto: Alô Notícias

O aniversário do presidente estadual do PT, Claudio Vignatti, no último sábado, dia 1º, em Chapecó, teve como tema uma grande comemoração petista. Mas o prestígio dos militantes, lideranças políticas e empresarias deu outro sentido para a festa, tornando um lançamento da pré-candidatura de Vignatti ao governo do Estado.

Mais de 1.500 pessoas foram até a sede social da Caixa Econômica Federal dar um abraço no político e gritar durante a comemoração: “Vignatti nosso governador”. A festa contou com presenças de ilustres lideranças políticas, entre prefeitos, vereadores e deputados, como Pedro Uczai, Dirceu Dresch, Luciane Carminatti, Padre Pedro e outras tantas lideranças. Líderes de partidos como o PDT, PRB, PR, PSC, entre outros, também participaram.

Mas um dos momentos altos e comemorativos da festa foi a presença de lideranças peemedebistas, a exemplo do deputado federal Mauro Mariani, um dos defensores da candidatura do PMDB ao governo do Estado e forte nome no partido, que defende uma aliança com o PT, juntamente com o deputado federal Valdir Colatto e o ex-prefeito de Florianópolis, Dário Berger.

"O PT quer ser governo em Santa Catarina e queremos pessoas para somar neste projeto. Lideranças do PMDB vieram me dar um abraço, o deputado Mauro Mariani, além de um parceiro na política, virou um amigo e num momento festivo a gente convida os amigos”, disse Vignatti.

Mariani disse que Vignatti é um grande amigo e que pensam da mesma forma, que Santa Catarina precisa de um projeto diferente na política, em prol dos catarinenses. “Vignatti é uma das grandes revelações da política catarinense, respeitado pela sua simplicidade e sua forte atuação como deputado federal, ajudando os prefeitos e municípios, sem discriminar nenhum, independentemente de sua agremiação política e agora preside o PT, como presidente estadual, um partido super organizado. Existem conversações da base do PMDB e do PT, de estarmos juntos, agora precisamos oficializar isto”, afirmou.

O ex-prefeito de Florianópolis, Dário Berger, foi enfático em seu comentário. “O PMDB, ao longo de sua história, jamais deixou de lançar candidato ao governo do Estado de Santa Catarina, a única vez aconteceu na eleição passada, quando apoiou Raimundo Colombo. Como um partido deste tamanho e esta história vai continuar a reboque desta estrutura onde o casamento foi feito, mas acabou não se realizando. Este é o motivo que o PMDB e o PT estão aproximando as suas afinidades para um grande projeto com vistas às eleições de outubro e as expectativas são muito positivas”, finalizou.

Fonte: Alô Notícias

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X Caco da Rosa