Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 25/04/2024 | 04:30

Saúde

Bebê prestes a completar 2 meses morre de dengue em Santa Catarina

Publicado em 01/03/2024 ás11:00

Imagem ilustrativa (Unsplash)

Foto: Imagem ilustrativa (Unsplash)

Um bebê de 1 mês de 29 dias é a vítima mais jovem da dengue em Santa Catarina. A morte do menino, prestes a completar dois meses, ocorreu em 21 de fevereiro em um hospital da rede pública de Joinville, mas só foi divulgada pela Prefeitura nesta quinta-feira (29). A família é moradora do bairro João Costa.

Conforme o município, a idade do bebê já configura um fator de risco para a doença, tendo em vista que crianças dessa faixa etária não possuem calendário completo de vacinas.

De acordo com dados do painel da Secretaria de Saúde, disponíveis na manhã desta sexta-feira (1º), subiu de 11 para 14 o número de mortes no estado. Dessas, 10 foram em Joinville, cidade mais populosa do estado, com mais de 600 mil habitantes.

Entre as novas confirmações, também estão as mortes de pai e filha, que morreram com apenas 18 minutos de diferença em Joinville. Francisco Jatczak, de 95 anos, e a filha dele, Teresinha Jatczak, de 67, estavam internados e morreram às 20h30 e 20h48 de segunda-feira (26).

Em 22 de fevereiro, o estado decretou emergência epidemiológica pela dengue. Com o documento, o governo diz que pode facilitar e ampliar o acesso e tratamento adequado aos pacientes.

Alto risco de transmissão da dengue

Um levantamento da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive) sobre a presença do mosquito Aedes aegypti mostrou que 47 municípios de Santa Catarina apresentam alto risco de transmissão de dengue.

Além disso, o relatório revela que 69 municípios apresentam médio risco e 34, baixo risco. Os resultados auxiliam a entender o cenário de transmissão das arboviroses (transmitidas por insetos) no estado.

Os municípios considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti precisam realizar o levantamento para a identificação de áreas com maior proporção/ocorrência de focos, bem como dos criadouros predominantes, indicando o risco de transmissão de dengue, chikungunya e zika.

Fonte: G1/SC

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X