Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 20/07/2024 | 16:02

Joaçaba

III Seminário de Saúde do Trabalhador reuniu mais de 400 pessoas

Publicado em 26/04/2014 ás09:00

Evento debateu número alarmante de doenças e acidentes de trabalho

Foto: Evento debateu número alarmante de doenças e acidentes de trabalho

– Acreditamos que o trabalho tem que nos trazer cidadania, condições de emancipação, satisfazer nossas necessidades; não nos adoecer; não nos mutilar; não nos matar. É o trabalho pela vida, não a vida pelo trabalho.

As palavras são da presidente da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador do Conselho Municipal de Saúde de Joaçaba, Marisa Magali Maieski Wames, durante a abertura do III Seminário de Saúde do Trabalhador, realizado na noite de quinta-feira, no Auditório Afonso Dresch, na Unoesc Joaçaba. O evento reuniu mais de 400 trabalhadores da região e estudantes universitários para debater o número alarmante de doenças e acidentes de trabalho registrado na região e no Estado, e para discutir soluções e alternativas capazes de reverter esses dados.

O seminário teve a presença do juiz do Trabalho de Joaçaba e integrante do Conselho Pedagógico da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho, Rodrigo Goldschmidt. Também contou com a participação do presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde do Trabalhador da Assembleia Legislativa, deputado estadual Neodi Saretta.

O magistrado apresentou o comentou o documentário Carne e Osso”, que aborda a atividade da agroindústria sob a perspectiva da saúde do trabalhador, e falou sobre o marco constitucional do direito à saúde do trabalhador, das consequências que o trabalho, concebido e realizado de forma incorreta, pode gerar à saúde, enfocando, principalmente, a chamada psicodinâmica do trabalho.

Já o deputado Saretta mostrou dados de uma pesquisa realizada pela UFSC e pela Univali a pedido do Ministério Público, a qual apontou que os trabalhadores catarinenses adoecem 48% mais que a média nacional e que o setor que mais registra afastamento por doenças ocupacionais é a agroindústria. Ele também falou sobre as ações da frente parlamentar que lidera. Entre as ações mencionadas estão o apoio e a realização de eventos para discutir aspectos relativos à saúde do trabalhador; a elaboração de um projeto de lei para que o tema integre os currículos escolares; o levantamento das regiões que apresentam situação mais crítica e a promoção de debates com empresários e entidades sindicais para discutir medidas que diminuam os riscos e melhorem as condições de trabalho.

Outras autoridades acompanharam o evento: o prefeito de Joaçaba, Rafael Laske; o vice-presidente da Câmara de Vereadores do município, Vilmar Zílio; o procurador jurídico da ACIOC, Clóvis Dal Cortivo; o presidente da CDL, Pablo Calluans; presidentes e integrantes dos sindicatos e das entidades parceiras na realização do evento e de outras entidades representativas da região.

Novos desafios

A avaliação do evento, por parte dos organizadores, é positiva:

– Observamos o crescimento do público. Começamos com 150 pessoas, na primeira edição, e na terceira superamos 400 participantes. O nível dos debates também está aumentando. Esse é o ponto principal: alimentar o debate para irmos criando alternativas e políticas que possam reduzir os números alarmantes citados pelos nossos palestrantes – diz o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jair Schüler.

Conforme lembrou a presidente da CIST, além da realização de seminários, a comissão tem outras três proposições para os próximos anos: provocar a implantação de CIST em cada município da região; buscar a implantação de uma Vigilância de Saúde do Trabalhador no município de Joaçaba, demanda que já foi apresentada ao Conselho Municipal de Saúde para que este orgão tome as decisões e ações necessárias; além da articulação política para a implantação de um Centro de Referência em Saúde do Trabalhador na região.

Concurso fotográfico

Ao final dos debates, foram revelados os vencedores do concurso fotográfico que integrava a programação do III Seminário de Saúde do Trabalhador: Kelly Cavassola foi a vencedora com a imagem de um trabalhador rural aplicando agrotóxicos sem utilizar equipamento de proteção individual; Andréia dos Santos Rodrigues foi a segunda colocada com a fotografia de um pintor se equilibrando sobre a grade de uma sacada para realizar seu trabalho, também sem utilizar equipamento de proteção; e Henrique Dalmolin, que retratou um grupo de trabalhadores disputando espaço com a carga na carroceria de um caminhão.

A iniciativa queria chamar atenção para o cotidiano local, com imagens que retratam situações de risco e negligência e pessoas vitimadas por acidentes e doenças em decorrência do trabalho. Ao total, o concurso teve 30 imagens inscritas. As 10 finalistas foram expostas no hall do Auditório Afonso Dresch.

Parceiros

O III Seminário de Saúde do Trabalhador foi promovido pela CIST e pelo Conselho Municipal de Saúde, com o apoio da Previdência Social, da Unoesc, do Sesi, da ACIOC, da Associação dos Aposentados e Pensionistas da Previdência Social de Joaçaba, Herval d'Oeste e Luzerna (Asaprev), da Receita Federal, da empresa Estrelatur e dos seguintes sindicatos: dos Empregados no Comércio; dos Empregados em Estabelecimentos Bancários; dos Vigilantes e Empregados em Empresas de Segurança e Vigilância, Empresas Prestadoras de Serviço, Asseio e Conservação e de Transporte de Valores; dos Trabalhadores na Industrias de Carnes e Derivados, Indústrias de Alimentação e Afins de Joaçaba e Região; dos Trabalhadores Rurais de Joaçaba e Luzerna; dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico; dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Joaçaba; Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários Coletivos e de Cargas de Joaçaba e Região; dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários; dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Joaçaba.

Fonte: Bruna Santos de Andrade/Unoesc

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X