Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 24/07/2024 | 18:00

Herval d' Oeste

Sessão temática debate problemas financeiros da Associação da Água

Publicado em 21/11/2012 ás23:07

Contabilista Paulo Rusky apresenta balancete da Associação

Foto: Contabilista Paulo Rusky apresenta balancete da Associação

Cerc a de 40 produtores participaram nesta quarta-feira, 21, da sessão temática proposta pelo vereador Olacir Cavalli na Câmara de Herval d´Oeste para tentar encontrar uma solução para Associação da Água Rural que está enfrentando problemas financeiros pela falta de repasse de recursos da prefeitura. A administração quitou até o momento duas parcelas de R$ 6.000,00, de um total de seis parcelas, restando repassar R$ 24.000,00. A Associação criada em 2008, que conta com 140 km de rede, 17 reservatórios, 06 bombas de recalque, e atende 210 associados (em torno 1.100 pessoas) em 09 comunidades do interior passou a operar com déficit a partir deste ano. Segundo o balancete apresentado no encontro pela contabilidade, o custo médio mensal de operacionalização é de R$ 11.199,00, e a receita apenas R$ 7.865,47. Com o repasse mensal da prefeitura a receita chegaria a R$ 10.406,38, ainda assim haveria um déficit de R$ 793,22 mensal. A solução encontrada até o momento para sanar as dívidas foi aumentar a fatura mensal dos associados de R$ 53,00 para R$ 55,00, além de uma chamada de capital no valor de R$ 110,00. “Valor que será devolvido ao associado se houver o repasse dos atrasados pela administração municipal”, garante Paulo Rusky, responsável pela contabilidade. “Contávamos com esse dinheiro e o associado está sendo penalizado”, disse o presidente da entidade Rudi Parize. De acordo com ele, outro fator que também está contribuindo com a situação é a inadimplência que chega a 20%. “Os que devem bastante estão com a água cortada e negativados no SPC , e agora vamos tentar cobrar via judicial”. Perguntado sobre a dívida da propriedade do prefeito, o presidente não negou, mas preferiu não se manifestar dizendo não poder responder por ser uma questão particular. O vereador Gilmar Dri (PSD), questionou os gastos feitos pela associação como o aluguel de uma sala na área central, e disse que deve ser encontrada uma alternativa. “Temos que saber se a principal dificuldade é com vazamentos, inadimplência ou o repasse da administração, pois ficou claro que mesmo com o repasse encontrariam dificuldades para fechar as contas”. E comparou “como que as demais associações que também não estão recebendo a verba não passam por dificuldades”? Segundo ele, em 2009 enquanto a Secretaria de Agricultura auxiliava a associação não havia problemas financeiros. “Naquele ano fechou com saldo positivo de R$ 44.000,00. Depois fizeram um acordo para o repasse mensal assumindo a manutenção e estão enfrentando dificuldades”. Já o vereador Júnior Arenhart (PP) lamentou a postura da administração, pois os recursos estavam previstos no orçamento. “Eles merecem todo o respeito, pois se tivesse que disponibilizar um caminhão pipa seria muito mais caro”, comparou. Mauro Martini (PMDB) foi mais cético e disse não acreditar que a prefeitura honre com o compromisso. ‘“Vejo muitas dificuldades pela frente, pois não estão nem trocando telhas para conter gastos e fechar as contas em dia”. Ao final da sessão o presidente em exercício Olacir Cavalli (PSDB) propôs que a diretoria juntamente com os vereadores agendem reunião com o prefeito para encontrar uma solução, já que não foi enviado representante do Poder Executivo.

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X