Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 16/09/2021 | 11:54

Estado

Presidente do TJ assume governo de SC

Publicado em 01 de Setembro de 2014 às11h00

Jaqueline Noceti/Secom

Foto: Jaqueline Noceti/Secom

O presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, desembargador Nelson Juliano Schaefer Martins, assumiu na manhã desta segunda-feira, dia 1º, como governador em exercício. A cerimônia de transmissão do cargo foi realizada em ato no Centro Administrativo do Estado, em Florianópolis. O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira pediram licença do Poder Executivo até o dia 5 de outubro, período de campanha eleitoral. 

“Essa é uma oportunidade de estreitar as relações entre os poderes e aproximar as instituições. Ao fazer isso, estamos contribuindo para que Santa Catarina se desenvolva cada vez mais e alcance seus objetivos”, destacou o governador em exercício. A presidência do Tribunal de Justiça ficará com o 1º vice-presidente, desembargador Torres Marques.

O desembargador Nelson Schaefer falou sobre suas ações prioritárias para o período, destacando dois pontos: a preocupação com a interdição da Ponte da Integração, entre Palmitos, no Oeste de SC, e Iraí, no RS; e com o processo que tramita há anos em Brasília em relação a disputa entre Santa Catarina e o Paraná por royalties do Petróleo. “Neste momento, temos uma preocupação muito intensa com a ligação entre os estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul pela Ponte da Integração. Buscaremos dar prioridade às providências para restabelecer esse ponto de contato entre os dois estados, pois é um corredor muito importante para as pessoas e para a economia da região”, ressaltou. 

O governador em exercício também afirmou que irá para Brasília buscar agilidade no julgamento da ação sobre a disputa entre Santa Catarina e o Paraná pelos royalties do petróleo da área que envolve os dois estados. “Essa demanda já demora mais de duas décadas. O parecer técnico é favorável para Santa Catarina e vamos buscar estes recursos para investir em educação e na saúde”, afirmou Schaefer.

Licença

A licença do governador Raimundo Colombo e do vice Eduardo Pinho Moreira foi solicitada à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, conforme prevê a Constituição do Estado, e não vai gerar ônus para os cofres públicos, porque Colombo e o vice Eduardo não terão remuneração nestes dias.

O desembargador Nelson Schaefer já havia assumido o cargo de governador em exercício entre os dias 23 de maio e 1º de junho deste ano, durante missão oficial do executivo catarinense para os Estados Unidos.

Fonte: Assessoria

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Droga Raia

Av. XV de Novembro, 263 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-9356

Droga Raia
X