Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 29/02/2024 | 02:55

Polícia

Colisão que resultou em morte de mãe e filha é tratada como homicídio

Publicado em 19/09/2014 ás08:00

Reprodução facebook

Foto: Reprodução facebook

O acidente de carro que resultou na morte de uma adolescente de 15 anos e a filha dela, uma bebê de nove meses, na BR-282, em Ponte Serrada, é tratado pela Polícia Civil como homicídio. Segundo o delegado Albino Araújo, responsável pelo caso, as investigações devem apontar se foi crime culposo (quando não há intenção de matar) ou doloso (quando existe a intenção de matar).

O Gol em que as vítimas estavam despencou de um barraco de aproximademente 30 metros. Ele colidiu com um Palio após uma perseguição na madrugada desta quinta-feira (18).

"O Gol caiu no barranco por causa da colisão. Houve uma saída de pista do veículo provocada pela batida que o Palio deu ao cortar o veículo. Não há dúvidas de que o acidente foi motivado pelo fato do Palio ter perseguido o Gol na rodovia", disse o delegado. Com o choque, o carro onde estavam a jovem e a filha caiu no barranco. As duas foram lançadas para fora do automóvel.

Quando atendeu o acidente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou os dois veículos caídos no barranco , mas condutor do Palio abandonou o carro e fugiu. No Gol, além das vítimas - Pamela Ferreira da Cruz, 15 anos, e a filha Natally Vitória Ferreira da Cruz, 9 meses -, estavam a irmã de 21 anos e o cunhado da adolescente. Ele tem 23 anos e dirigia o automóvel.

Os dois sobreviventes tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para o Hospital Santa Luzia, em Ponte Serrada. Conforme a PRF, não havia ninguém no Palio. Neste carro, foram encontrados documentos de um homem de 27 anos.

O delegado informou que o advogado do motorista fugitivo já entrou em contato e o homem deve se apresentar nesta sexta-feira (19). Ainda segundo Araújo, o suspeito perseguiu o Gol porque imaginava que a ex-mulher estivesse no veículo.

Perseguição
O motorista do Gol disse à polícia que retornava de Ponte Serrada para Catanduvas. Logo que iniciou a viagem, percebeu que o Palio estava o seguindo. Quando chegou em uma curva, foi fechado pelo carro, que o obrigou a parar. Em seguida, o motorista do Palio saiu do automóvel com uma barra de ferro e começou a bater no Gol.

O condutor de 23 anos conseguiu retornar para pista no sentido Ponte Serrada para buscar ajuda. Mas o Palio conseguiu alcançá-lo e colidiu com o Gol, fazendo com que o motorista perdesse o controle da direção. Os dois carros saíram da pista e caíram no barranco.

À polícia, o motorista do Gol disse não conhecer o outro condutor. Porém, ele afirmou que era a pessoa cuja foto estava nos documentos encontrados dentro do Palio. De acordo com a polícia, o motorista do segundo veículo possui 47 boletins de ocorrência, a maioria deles por lesão. As investigações devem durar 30 dias.

Fonte: G1/SC

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X