Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 03/12/2022 | 18:40

Carnaval

Aliança é Campeã e Unidos se diz novamente injustiçada

Publicado em 12 de Fevereiro de 2013 às19h15

Presidente da Aliança Júnior de Sá recebe troféu

Foto: Presidente da Aliança Júnior de Sá recebe troféu

No f inal da tarde desta terça-feira (12), Joaçaba conheceu a Campeã do Carnaval 2013. A apuração das notas que estavam em poder da Polícia Militar desde o final do desfile de sábado, aconteceu no camarote das autoridades montado de fronte a Prefeitura Municipal. Neste ano foram julgados oito quesitos, e não mais dez como acontecia nos anos anteriores. Vinte e quatro jurados do Rio de Janeiro estiveram distribuídos em 3 cabines no sábado para avaliar as escolas. O público acompanhou nota por nota, mesmo debaixo de chuva a divulgação do resultado. Com 239,1 pontos, a Aliança sagrou-se campeã somando quase dois pontos a frente da segunda colocada Vale Samba que ficou campeã por dois anos consecutivos (2011 e 2012). A quebra do jejum foi comemorada pela nação verde e branca aos gritos de “É campeã”. O presidente da Aliança Júnior de Sá ao erguer o troféu, disse que a escola não esperava outro resultado pelo trabalho e dedicação. “Acima de tudo pelo desfile perfeito na noite do sábado que agradou à todos”, mencionou. A Vale Samba aceitou o resultado, porém não concordou com algumas notas recebidas, como por exemplo, Mestre Sala e Porta Bandeira. “Achei um pouco elástico, mas agora é questão de ir para casa e avaliar nossos erros”, disse o presidente Marcos Zanardo. Já o presidente da Unidos do Herval Sérgio Giacometti se mostrou indignado pelo fato de não conquistar o segundo lugar, ficando atrás da Vale Samba por dois décimos. “Os jurados não estão vindo para julgar nossa escola, mas sim para penalizar”, desabafou. Para ele é revoltante ter perdido 8 décimos no último quesito: Samba-enredo. “A gente fica muito chateado, parece que o carnaval é feito para duas escolas. Oito décimos é muita diferença”, avaliou Giacometti que acredita que tanto os quesitos Comissão de Frente e Mestre Sala e Porta Bandeira foram injustiçados. “Tinham que ter recebido 10, foram os melhores”. De acordo com ele, a escola não vai desistir. “Vamos remando contra a maré, uma hora a gente acerta”, concluiu. O prefeito Rafael Laske ficou satisfeito com a organização e não acredita que o evento tenha perdido o prestígio pelo fato do governador Raimundo Colombo não ter vindo. “Sua postura foi muito responsável pelos atentados que estão ocorrendo no estado. Ele não poderia estar aqui fazendo festa”, ressaltou. Quanto ao embargo feito pelo Ministério Público na véspera do evento que foi indeferido pelo juiz, o prefeito acredita que “deve se ter mais cautela nos próximos anos e discutir a questão com as autoridades para evitar esses entraves”. Na avaliação da Liesjho – Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d´Oeste – o evento superou as expectativas. “Vendemos praticamente todos os ingressos. Foram aproximadamente 30 mil pessoas assistindo os desfiles nas duas noites do evento”, informou o presidente da Liga Felipe D´Agostini. Segundo o diretor de carnaval Euclides Albuquerque, o carnaval de Joaçaba se firmou como o melhor do estado. “Temos ligação com o Rio de Janeiro que tem o melhor Carnaval do mundo e sem medo de errar digo que Joaçaba está bem na frente de Florianópolis”, destacou ao avaliar a não realização do evento na capital do estado.
fonte: caco da rosa

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
São João 01

Av. XV de Novembro, 319 - Cento, Joaçaba

Fone: (49) 3521-2525

São João 01
X