Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 15/07/2024 | 06:02

Joaçaba

Forte aparato de segurança foi montado para locomoção de presos ao Fórum

Publicado em 23/11/2012 ás13:51

Polícia isola rua em frente ao Fórum

Foto: Polícia isola rua em frente ao Fórum

Um f orte aparato de segurança foi montado na manhã desta sexta-feira (23) para locomoção dos detentos do Presídio Regional de Joaçaba até o Fórum da Comarca onde foi dado início ao Projeto Reeducação do Imaginário - Remição pela Leitura, em que os apenados em regime aberto e fechado terão redução de suas penas com a leitura de clássicos selecionados pelo juízo. O projeto piloto reuniu 24 detentos no salão do Júri para a entrega de livros e dicionários, além da palestra com o Juiz de Direito Márcio Umberto Bragaglia que falou sobre as obras e autores. “Fiz uma escolha baseada em estudos que estou fazendo há tempos sobre o Filósofo Olavo de Carvalho, que classifico como o maior pensador brasileiro vivo, que reside hoje nos Estados Unidos e tem cursos online”, justificou o magistrado. De acordo com ele, o autor defende que se obtêm bons resultados na preparação do caráter através da leitura de obras clássicas com pensamentos conservadores que preparam o individuo para as experiências da vida humana. O primeiro módulo do Projeto consiste na leitura de Crime e Castigo de Dostoievski, que resultará na diminuição de 04 dias da pena dos que forem aprovados na avaliação, que se dará por entrevista direta com o juiz e seus assessores no próprio presídio. “Claro que vamos levar em conta as capacidades intelectuais individuais, mas cobrando a melhora progressiva. Eles vão ter que demonstrar algum nível de compreensão para obter a remição”, explicou Márcio ao afirmar que dispõem de tempo para o projeto, pois a Vara Criminal está em dia com os trabalhos, sendo considerada uma das melhores do estado. Os livros não serão custeados pelo contribuinte, e sim por transações penais numa parceria com o Ministério Público. “Pessoas sem antecedentes que se envolvem em fatos ou crimes menores tem como pena a aquisição de 25 obras que são entregues no Fórum para posteriormente serem encaminhadas ao presídio e incorporadas ao patrimônio público”, fez questão de esclarecer o Juiz de Direito. A adesão ao projeto é opcional, e neste primeiro momento apenas 25 detentos se inscreveram. O programa tem capacidade para integrar 90 dos cerca de 160 apenados em Joaçaba. Para o segundo módulo que está em etapa de aquisição, a obra escolhida foi ‘O Coração das Trevas’, de Joseph Konrad. Depois obras de Shakespeare, Dickens, Walter Scott, Camilo Castelo Branco, dentre outros nomes recomendados por intelectuais do calibre de Otto Maria Carpeaux, Olavo de Carvalho, Harold Bloom e Mortimer J. Addler.

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X