Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 15/07/2024 | 01:53

Carnaval

A canoa não virou e a Aliança chegou lá

Publicado em 17/02/2015 ás22:15

Prefeito entrega troféu ao presidente da Aliança

Foto: Prefeito entrega troféu ao presidente da Aliança

A canoa não virou e a Aliança chegou lá. Com apenas dois décimos de diferença, a verde e branco superou a Unidos do Herval em uma disputa acirrada pelo título. A escola levou para a avenida um tema instigante, controverso e desafiador, que nunca foi decifrado: sorte e azar.

Com o enredo “Se a canoa não virar eu chego lá”, a tricampeã somou 238 pontos, contra 237,8 da Unidos do Herval, 235,6 da Vale Samba e 233,9 da estreante Acadêmicos do Grande Vale.  A apuração aconteceu no início da noite desta terça-feira (17) na Praça da Catedral e foi acompanhada por um grande público que vibrou a cada nota divulgada. “Sabia que seria apertado, mas não tanto”, disse surpreso Júnior de Sá, presidente da campeã do Carnaval de Joaçaba, ao comentar que acreditava que o resultado seria um pouco mais elástico. “Julgamento é algo subjetivo, cada jurado tem sua opinião. O importante é que a gente chegou ao título e estamos com o tricampeonato. Temos que comemorar”, finalizou Júnior.

O presidente da Unidos Nelcindo Trevisan agradeceu o empenho de todos os integrantes e admitiu que a escola teve alguns problemas em seu desfile. “Vamos trabalhar para nos superar no próximo carnaval”, pediu. O vice-presidente da escola hervalense Sérgio Giacometti, afirmou que o julgamento foi correto. “Esperávamos perder o título por detalhes, e foi o que aconteceu”, comentou ao se referir ao problema mecânico em um dos carros na noite do desfile. “Mas o resultado mostra que não existe mais favorita, o título é disputado décimo a décimo”, acrescentou.

“Somos guerreiros. Enfrentamos os desafios”, discursou o presidente da Vale Samba Hermes Bersaghi. “Estamos aqui recebendo o troféu porque tecnicamente precisa ser nominada uma titulação para a escola, mas o que está dentro da gente é que somos campeões. Vamos comemorar nossa garra”, conclamou.

Já o presidente da Acadêmicos do Grande Vale, Pedro Correa, assimilou bem o resultado. “Sabíamos que seria assim, que não seria fácil disputar de igual para igual. Estamos chegando agora e vamos buscar melhores resultados”, avaliou.

Punições:

Três escolas foram punidas por não cumprirem a obrigatoriedade do regulamento do Carnaval: Acadêmicos, Aliança e Vale Samba.

A Acadêmicos do Grande Vale iniciou a apuração com menos 6 décimos. A escola foi penalizada em 4 décimos por ultrapassar o tempo máximo do desfile e também por não cumprir com o número mínimo de figurantes (750). De acordo com o regulamento, o desfile das escolas deve ter o tempo mínimo de 60 minutos, máximo de 70 minutos, com tolerância de 59 segundos, para mais ou para menos, e a Acadêmicos utilizou 1h12’41”. Perdeu mais dois décimos por ter apenas 690 integrantes.  

A Aliança foi penalizada em quatro décimos por utilizar 1h11’57” em seu desfile. E a Vale Samba recebeu punição de dois décimos por desfilar com 34 baianas, quando o número mínimo é de 35.

Premiação dos Blocos

Antes da apuração do Carnaval, a Liesjho premiou os blocos carnavalescos que participaram do desfile competitivo na noite do domingo na Avenida Xv de Novembro. O estreante Shed Folia conquistou o primeiro lugar somando 268 pontos, em segundo ficou o Los Iguanas com 266,35 pontos, em terceiro DNA com 247,9 pontos, e em quarto lugar West Valley que somou 246,9 pontos.

Premiação: 1º Lugar R$ 800,00;

2º Lugar R$ 500,00;

3º Lugar R$ 300,00.

Assista abaixo vídeo com a comemoração da Aliança (imagens celular):

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X