Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 25/05/2024 | 08:18

Saúde

Santa Catarina confirma 480 casos de dengue

Publicado em 13/03/2015 ás10:00

Imagem ilustrativa

Foto: Imagem ilustrativa

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) da Secretaria de Estado da Saúde informou nesta quinta-feira, 12, que de janeiro de 2015 até o momento foram confirmados 480 casos de dengue em Santa Catarina. Deste total, 382 são autóctones (transmissão dentro do Estado), 40 importados (transmissão fora do Estado) e 58 estão em investigação para definir o local de transmissão. Outros 1.373 casos foram descartados por apresentarem resultado laboratorial negativo para dengue.

Os 382 casos autóctones registrados tiveram como local de transmissão Itajaí, que enfrenta um surto de dengue desde janeiro deste ano. Os dados apontam que o município apresenta uma taxa de incidência (total de casos novos na população) de 189 casos por 100 mil habitantes. Apesar do aumento na detecção de novos casos nas últimas semanas, observa-se que a transmissão está concentrada nos bairros São Vicente e Cordeiros.

Em Santa Catarina, até o momento, foram identificados 2.474 focos do mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença. Os municípios de Chapecó, São Miguel do Oeste, Joinville, Itajaí, Xanxerê, Xaxim, Balneário Camboriú, Pinhalzinho e Itapema são considerados infestados pelo mosquito, definição realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.

Na Semana Epidemiológica (SE) 4 (25 a 31 de janeiro), 66 casos foram confirmados, dos quais 57 autóctones (todos de Itajaí), sete importados e dois estão em investigação. Outros 142 foram descartados e um aguarda resultado laboratorial.

Na SE 5 (1º a 7 de fevereiro), 102 casos foram confirmados, sendo 69 autóctones (todos de Itajaí), oito importados e 25 confirmados estão em investigação. Outros seis aguardam resultado laboratorial e 332 foram descartados.

Na SE 6 (8 a 14 de fevereiro), 111 casos foram confirmados, sendo 89 autóctones, nove importados e 13 estão em investigação para determinar o local de infecção. Outros 72 exames aguardam resultado laboratorial e 287 foram descartados.

Na SE 7 (15 a 21 de fevereiro), 91 casos foram confirmados, sendo 80 autóctones, três importados e oito em investigação para determinação do local de infecção. Outros 66 exames aguardam resultado laboratorial e 236 foram descartados.

Na SE 8 (22 a 28 de fevereiro), 40 casos foram confirmados, sendo 32 casos autóctones, dois importados e seis casos confirmados estão em investigação. Outros 86 exames aguardam resultado laboratorial e 180 foram descartados.

Na SE 9 (1º a 7 de março), 13 casos foram confirmados, sendo nove autóctones e quatro casos confirmados estão em investigação para determinar o local de infecção. Outros 60 exames aguardam resultado laboratorial e 66 foram descartados.

Orientações para evitar a proliferação do Aedes aegypti

  • Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda
  • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo
  • Mantenha lixeiras tampadas
  • Deixe os depósitos para guardar água sempre vedados, sem nenhuma abertura, principalmente as caixas d’água
  • Plantas como Bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água
  • Trate a água da piscina com cloro e limpe uma vez por semana
  • Mantenha ralos fechados e desentupidos
  • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana
  • Retire a água acumulada em lajes
  • Dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados
  • Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário
  • Evite acumular entulho, pois podem se tornar locais de foco do mosquito da dengue.
Fonte: Assessoria

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X