Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 13/07/2024 | 03:00

Estado

Chuva e vento forte provocam estragos em Santa Catarina

Publicado em 12/05/2015 ás14:45

Queda de árvore em Florianópolis (Foto: Guto Kuerten/Agência RBS)

Foto: Queda de árvore em Florianópolis (Foto: Guto Kuerten/Agência RBS)

Santa Catarina registrou chuva forte e vento de mais de 100 km/h nesta segunda-feira, 11. As regiões mais atingidas foram o Sul do Estado e a Grande Florianópolis. A situação foi resultado da passagem de um sistema de baixa pressão pela costa de Santa Catarina, ocasionando a formação de um ciclone extratropical, informam as equipes da Defesa Civil e da Epagri/Ciram.

Os ventos atingiram 90 km/h em Florianópolis e ultrapassaram 100 km/h em Laguna, no Sul do Estado. Cenário semelhante foi registrado em Bom Jardim da Serra, na Serra Catarinense. Foram registrados problemas como destelhamentos, queda de energia, quebra e afundamento de embarcações.

O ciclone já está mais longe da costa, mas ainda oferece risco as atividades de pesca e navegação, com previsão de ressaca.

Diante desse cenário, municípios do Sul de Santa Catarina contabilizam os prejuízos. Os dados ainda estão em fase de levantamento e atualizações estão previstas para a tarde de desta terça-feira, 12.

Até a manhã desta terça-feira, os levantamentos preliminares da Defesa Civil de Santa Catarina apontam que pelo menos cinco municípios foram afetados de forma mais evidente:

Em Araranguá, foram registrados alagamentos pontuais.

Em Criciúma, algumas casas atingidas por inundação, a área central teve diversos edifícios e comércios tomados pela água e a mobilidade urbana foi comprometida durante a noite dessa segunda-feira. Exército e Corpo de Bombeiros Militares auxiliaram no atendimento as famílias e houve registro de desalojados no município.

Em Içara, registrou-se alagamento generalizado e escorregamentos pontuais. A mobilidade urbana foi afetada e foi registrado volume de pessoas desalojadas.

Em Tubarão, vários bairros e área central tiveram alagamentos. Famílias foram desalojadas no Bairro Monte Castelo em função do volume de chuva que inundou algumas

Em Capivari de Baixo, houve alagamento. 

Os municípios de Imbituba, Garopaba, Laguna, Imaruí, Pescaria Brava, Tubarão, Sangão e Capivari de Baixo também fazem levantamento do volume de afetados e danos causados pelas chuvas. O coordenador regional da Defesa Civil de Santa Cataria, Anderson Martins, acompanha os trabalhos.

A Defesa Civil informa que três pessoas perderam a vida. Em Imbituba, uma idosa teria caído em um bueiro e não resistiu aos ferimentos. Na mesma região, um barco pesqueiro naufragou e dos três pescadores que estavam a bordo, um foi resgatado com vida e os outros dois morreram. Os corpos foram encontrados por equipes de resgate.

Rajadas de ventos registradas:

Cidade – Máxima (km/h) – Hora da ocorrência
Bom Jardim da Serra: 132,1 km/h, às 19h
Laguna: 114,8 km/h, às 16h
Rancho Queimado: 92,8 km/h , às 19h
Florianópolis (Aeroporto): 90,0 km/h, às 19h
Urupema: 85,9 km/h, às 22h
Florianópolis (Itacorubi): 74,8 km/h, às 21h
São Bonifácio: 71,8 km/h, às 17h
Jaguaruna: 66,2 km/h, às 15h
São Joaquim: 64,4 km/h, às 17h
São José: 57,6 km/h, às 20h
Major Gercino: 56,3 km/h, às 20h
Araranguá: 56,2 km/h, às 14h
Lages: 50 km/h, às 18h
Criciúma: 49,4 km/h, às 13h
Urussanga: 43,9 km/h, às 15h

Fonte: Estações meteorológicas automáticas monitoradas pela Epagri/Ciram, INMET, ANA e Redemet. Dados sujeitos à atualização.

Fonte: Assessoria

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Herval (Joaçaba)

Av. XV de Novembro, 278, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1902

Farmácia Herval (Joaçaba)
X