Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 23/07/2024 | 09:31

Esportes

Fox Fight MMA reúne mais de 2 mil pessoas em Joaçaba

Publicado em 15/06/2015 ás08:30

André Arcênio

Foto: André Arcênio

O público que compareceu ao Centro de Eventos da Unoesc em Joaçaba, vibrou bastante com os duelos realizados no sábado (13). Um octógono construído especialmente para o evento, nas dimensões de 7x7metros, foi palco de um show de finalizações e nocautes.

Conforme a organização, 2230 pessoas acompanharam os doze combates da Fox Fight MMA. Atletas de outras cidades e estados, entre eles, oito joaçabenses que integram a equipe Fox Fight Team (FFT), surpreenderam o público com a qualidade das lutas. O espetáculo contou ainda com participação do Dj Alex Glenn, do Narrador Junior Furtuoso, além da participação da RingGirl, Cássia Prudêncio.

As lutas tiveram arbitragem de cinco membros da Confederação Catarinense de MMA. Joaçaba entrou definitivamente para o roteiro de lutas de MMA e agora a organização visa montar um circuito com disputas de cinturão regional, fortalecendo os desportistas da região e o crescimento da modalidade.

Com o objetivo de atrair a atenção de desportistas de todo o país, a organização da Fox Fight já anunciou que vai realizar mais um evento no mês de novembro deste ano. “O evento foi um sucesso total e superou todas as nossas expectativas. Tivemos vários combates de altíssimo nível, provando que, teremos uma boa leva de lutadores com muita qualidade fazendo sucesso nos eventos profissionais”, disse Éder Vieira.

“O público pode conhecer nossos lutadores e tiveram contato próximo com o MMA e puderam conhecer um pouco do esporte. Vamos continuar realizando edições da Fox Fight MMA. Para o mês de novembro, teremos uma atração especial e combates de alto nível. A ideia é transformar o evento e um grande circuito de MMA e em um grande revelador de talentos e um catalisador de novos fãs para a modalidade”, concluiu Vieira.

O evento teve seis combates amadores, com atletas que não recebem “bolsa”, ou seja pagamento da luta e usam equipamentos de proteção individual. Além de lutarem em três rounds de três minutos.

Resultados

José Lucas – Pelé (CTKO/Nova União) venceu Leandro Braço (Fox Fight Team) com mata-leão aos 47 segundos do primeiro round, na categoria até 66kg.

Gabriel das Neves - Sombra (Família Force Fight – Rio do Sul) venceu Luiz Varela (Fox Fight Team) por nocaute a 1 minuto e 10 segundos do segundo round, na categoria até 60kg.

Guilherme Recalcatti (Fox Fight Team) venceu Willian – Nego Loko na categoria até 66kg, por decisão unânime dos juízes. A luta foi até o terceiro round, e Guilherme venceu por 29 pontos a 28 de Nego Loko.

Alex – Boca (Fox Fight Team) venceu Robson Thylana, na categoria até 80 kg, no primeiro round por nocaute técnico.

Guilherme Bueno (Predadores MMA) de Campos Novos venceu Rodrigo Alves (Fox Fight Team) na categoria até 61kg, no primeiro round. O juiz interrompeu a luta para preservar a integridade física do lutador aos 1 minutos e 25 segundos.

Bruna Rosso (Família Force Fight – Rio do Sul) venceu Greice Tonet (Fox Fight Team), na categoria até 62 kg, aos 2 minutos do segundo round por nocaute técnico.

Lutas profissionais

Seis lutas profissionais empolgaram o público e reuniu os melhores lutadores do estado e de fora dele.

Resultados:

Gean Lobor (Equipe Motta no Rio Grande do Sul) venceu sua terceira luta profissional de MMA aplicando um nocaute relâmpago em Laércio Valentino (MMA Videira Chute Boxe) na categoria até 66kg, a um minuto do primeiro round.

Estreando no profissional, Wingrisson Santos (Astra Fight) de Balneário Camboriú venceu Elemar Ramos – Mosca de Sobradinho (Neo Dojo) por nocaute técnico faltando quatro segundos para acabar o segundo round.

Wesley dos Santos – Bebê (Fox Fight Team) venceu sua terceira luta profissional de MMA, contra Rubens Lisboa (Anjos Greice Boxe) na categoria até 66kg. O adversário desistiu da luta na entrada do 3 round, por lesão no braço.

Rafael Ogro (Prime - Centro de Ensino de Artes Marciais) de Concórdia finalizou Cleiton Butiski (Buffalo Team) de Curitibanos no primeiro round, aos 2 minutos na categoria até 84 kg.

Alex Silva – Leco (Astra Fight) de Balneário Camboriú venceu Mateus Dias (RTT Sobradinho) na categoria até 66kg, a 1 minutos e 55 segundos do primeiro round por nocaute técnico.

A luta mais aguardada da noite foi a do joaçabense Marcelo Boldrini (Fox Fight Team) que venceu Henrique Geraldo (RTT Sobradinho) na categoria 66kg por nocaute técnico faltando 48 segundos para acabar o primeiro round.

O atleta possui em seu currículo doze lutas de MMA, com nove vitórias e três derrotas. Também possui duas lutas de boxe, com uma vitória e duas derrotas. “A luta foi dura, consegui impor meu jogo na trocação e ao ser levado para o chão consegui aguentar a sequência de socos. Tentei encaixar uma chave de braço e outros golpes, para acabar com a luta ainda no primeiro round. Mas não consegui e voltei para a trocação. Com treinos de condicionamento físico em dia, consegui superar meu adversário e no fim do round, apliquei sequência de jab e direto até o árbitro interromper a luta”, explica. “Vencer em casa, ouvir a torcida gritando o seu nome e ver a alegria nos olhos da família não tem preço. A Fox Fight teve quatro importantes vitórias neste evento e queremos mais. Vamos intensificar os treinos de olho nos próximos eventos neste ano”, completa.

Fonte: Paula Patussi/Assessoria

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X