Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 28/11/2021 | 05:11

Geral

Já pagamos mais de R$ 1 trilhão de impostos em 2015

Publicado em 12 de Agosto de 2015 às13h56

Impostômetro instalado no prédio da ACIOC

Foto: Impostômetro instalado no prédio da ACIOC

Passados oito meses de 2015, o brasileiro já pagou mais de R$ 1 trilhão e 200 bilhões em impostos, taxas e contribuições. Essa informação é atualizada a cada segundo pelo Impostômetro instalado no prédio da Associação Comercial e Industrial do Oeste Catarinense (ACIOC) na Avenida Getúlio Vargas, área central de Joaçaba, por meio de uma ação planejada e executada pelo Núcleo Jovem Empreendedor (NJE) da ACIOC.

Os valores divulgados referem-se a todos os tributos que os brasileiros já pagaram durante o primeiro semestre, reforçando que neste ano superamos a marca de R$ 1 trilhão, 11 dias antes do que no mesmo período de 2014. Conforme as informações disponibilizadas pelo site www.impostometro.com.br, no ano passado, a marca foi superada somente no dia 10 de julho, diferente deste ano em que o acumulado atingiu a cifra trilionária no dia 29 de junho.

O presidente da ACIOC, Mircon Becker, destaca a quantidade de impostos pagos e a má distribuição desses recursos entre os poderes constituídos. “Se o valor arrecadado fosse dividido de forma mais igualitária entre federação, estados e municípios, com certeza, o poder de investimento seria muito maior, principalmente, em ações específicas que se criam dentro das próprias cidades e não podem ser solucionadas devido ao atual sistema de tributação existente”, explicou.

O que dá para fazer com esse valor?

De acordo com estudo elaborado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) para a marca somente de R$1 trilhão do Impostômetro, esse valor é suficiente para construir mais de 45 milhões de casas populares de 40 m², implantar 80 milhões de salas de aula equipadas, asfaltar mais de 900 mil quilômetros de estradas ou garantir o fornecimento de medicamentos à população brasileira por mais de 400 meses.

Se o valor arrecadado fosse convertido em notas de R$1, seria possível empilhá-las na altura de 3.333.333 edifícios com 100 andares cada um; preencher a metragem quadrada de 1.443.000 estádios de futebol equivalentes ao Maracanã ou a metragem quadrada de oito cidades do tamanho de São Paulo.

Quanto cada consumidor paga

A pesquisa informa que o Impostômetro tem registrado recordes sucessivos de arrecadação tributária na última década. E revela que a média de arrecadação diária totaliza R$ 5,55 bilhões, sendo que por segundo é arrecadado o valor de R$ 64.300,41. Até o mês de julho de 2015, cada brasileiro já pagou R$ 4.980,50 em tributos. Até o final do ano, cada cidadão terá pago aproximadamente R$ 10.298,50. “Se esses valores fossem revertidos para as reais necessidades que os brasileiros possuem, sem dúvida, teríamos condição de promover de forma mais intensa e ágil o processo em nossas cidades, estado e no Brasil”, completou Becker.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X