Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 19/05/2024 | 18:19

Campanha

Criança de Campos Novos precisa de doação de medula óssea

Publicado em 27/08/2015 ás15:22

Isadora/Divulgação família

Foto: Isadora/Divulgação família

Kátia Kunen, mãe da pequena Isadora que luta contra uma doença da medula e precisa de um transplante, está realizando uma campanha para conseguir um doador compatível para a criança. Hoje a menina está internada no Hospital Pequeno Príncipe em Curitiba (PR), onde faz tratamento.

No dia 23 de junho, Isadora foi diagnosticada com uma doença chamada Mielodisplasia, que pode evoluir para leucemia. “A Isadora, tem 7 anos e um sorriso lindo. Está sem escola, sem ver os amigos e no hospital há meses. Ela precisa de um doador de medula óssea compatível. Procure um Hemocentro e doe, você pode ser a cura que ela tanto precisa”, pediu a mãe.

Os amigos da família estão organizando uma Van para que moradores de Campos Novos possam se locomover até ao Hemocentro de Joaçaba. “A van possui 11 lugares e conforme for a demanda e a disponibilidade, estaremos agendando mais horários no Hemosc. Vale destacar que não tem custo. Vamos fazer uma lista de espera e os primeiros 11 que confirmarem já poderão doar. Basta levar um documento oficial com foto. Para mais informações é só entrar em contato com o número (49) 8882-3123”, informa a responsável pelos agendamentos, Ana Julia Chiochetta. A primeira Van sai segunda feira dia 31 de agosto às 13h em frente a churrascaria Chiochetta com previsão de retorno para as 16h.

Interessados de outras regiões também podem ajudar, entrando em contato com o Hemocentro para agendamento.

Doação de medula óssea

Transplante de Medula Óssea é a única esperança de cura para milhares de portadores de leucemia e algumas outras doenças do sangue. Este é um gesto de solidariedade e amor ao próximo.

Qualquer pessoa com boa saúde entre 18 e 55 anos poderá doar Medula Óssea. Esta é retirada do interior de ossos da bacia, através de punções e se recompõe em apenas 15 dias, ou através da aférese.

Tudo seria muito simples e fácil, se não fosse o problema da compatibilidade entre as medulas do doador e do receptor. A chance de encontrar uma medula compatível pode chegar a uma em um milhão!

Por isso, são organizados Bancos de Doadores de Medula Óssea, cuja função é cadastrar pessoas dispostas a doar. Quando um paciente necessita de transplante, esse cadastro é consultado. Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer a doação.

Para o doador, a doação será um incomodo passageiro. Para o paciente será a diferença entre a vida e a morte.

O instituto nacional de câncer é responsável pelo REDOME – Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea.

Como se tornar um doador de Medula Óssea

Você deve ter entre 18 e 55 anos de idade e estar saudável;

Será retirada por sua veia uma pequena quantidade de sangue (5 ml);

Seu sangue será tipado para HLA, que é um exame de laboratório para identificar sua característica genética;

Seu tipo de HLA será colocado no REDOME – Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea;

Quando aparecer um paciente, sua compatibilidade será verificada;

Se for compatível, outros exames de sangue serão necessários;

Se a compatibilidade com o paciente for confirmada, você será consultado para decidir quanto a doação;

Seu atual estado de saúde será avaliado;

Procure um Hemocentro ou Banco de Sangue mais próximo a sua residência e cadastre-se como “Doador de Medula”.

Fonte: Aconteceu CN

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X