Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 15/07/2024 | 06:05

Joaçaba

PMDB nega ser contra redução de salários dos comissionados

Publicado em 03/09/2015 ás14:00

Prefeitura de Joaçaba

Foto: Prefeitura de Joaçaba

O PMDB, partido que dá sustentação a administração do prefeito Rafael Laske, está discutindo internamente algumas sugestões administrativas que possam equalizar o problema financeiro da Prefeitura de Joaçaba, cuja estimativa de orçamento apresenta um déficit de cerca de R$ 5 milhões. A informação foi repassada ao Portal Caco da Rosa pelo presidente do partido Sérgio de Carli. Segundo ele, “é necessária uma reforma administração, não apenas reduzir salário dos comissionados”.

Questionado sobre a posição dos cargos de confiança do partido, que não estariam aceitando a redução dos salários, o presidente do partido afirma ser especulação. “Não tratamos disso, estamos empenhados em encontrar alternativas, por isso nossos secretários estão se reunindo constantemente com a área de finanças”.

Uma posição mais clara das sugestões do PMDB deve ser apresentada até terça-feira ao prefeito Rafael Laske.

Prefeito e vice vão reduzir salários

Na tarde da quarta-feira (2) o prefeito afirmou nas redes sociais que ele e seu vice abriram mão da metade do salário para dar exemplo. “Não falei antes, porque entendi, junto com Marcos Weiss, que era uma medida populista, mas devido ao grande questionamento, informo que a primeira decisão de corte de 50% de salário de forma voluntária foi tomada por mim e pelo Marquinhos”, escreveu Laske em seu perfil no Facebook. “Deixo claro que quero ser exemplo à toda minha equipe e reforço, que apenas não deixei público até agora, para não dar uma conotação política”.

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X